RIUIS

Titulo original Meaning in Suffering Test (MIST-P)
Autor da versão original Patricia Starck (1985)
Autores da versão portuguesa e email de contacto Kraus TM, Dixe MA& Rodrigues

Email de contacto – teresa.kraus@ipleiria.pt

Condição de saúde/objetivo Contexto: Desenvolve-se no âmbito do Sofrimento/Sentido de vida/Esperança.

Trata-se de um instrumento do Diretório Oficial de Testes de Logoterapêuticos que parte do pressuposto de que o sofrimento em si não faz sentido, mas que durante este (apesar deste) existem, sempre, razões suficientemente válidas para dar sentido à vida e despertar a esperança.

Objetivos: O instrumento é composto por duas partes, MIST-Pa e MIST-Pb.

A primeira parte do MIST-Pa é constituída por um conjunto de 12 itens destinados a avaliar quantitativamente a intensidade (extensão) com que o inquirido encontra sentido no sofrimento (Pontuação Total; Scor Médio e Medidas de Tendência Central);

A segunda parte do MIST-Pb é constituída por uma Escala Numérica do Sofrimento, seguida de 15 questões de resposta fechada e aberta, destinadas a avaliar quantitativamente o sofrimento (índice), caracterizá-lo qualitativamente (História do Sofrimento) e orientar quanto a estratégias de intervenção clínica.

População alvo Todas as pessoas com o diagnóstico de dor crónica (reumática: artrite reumatoide, espondilite anquilosante, artrite psoriática e fibromialgia).
Dimensões F1 – Sentido e respostas ao sofrimento;

F2 – Características subjetivas do sofrimento

Itens Primeira parte (MIST-Pa) – é constituída por um conjunto de 12 itens;“

Segunda parte (MIST-Pb) – é constituída por uma pergunta aberta quanto ao índice de sofrimento de sofrimento com recurso a uma Escala Numérica (1-10); segue-se um conjunto de 15 questões, cada uma com nove hipóteses de resposta fechada e uma aberta, solicitando-se ao participante que descreva a sua experiência de sofrimento, podendo selecionar uma ou mais respostas fechadas.

Sistema de pontuação MIST-Pa: Escala tipo Likert com sete hipóteses de resposta, de 1 a 7, cotadas no sentido de: (1) “Nunca tenho o sentimento ou crença contida na afirmação” a (7) “Constantemente tenho o sentimento ou crença contida na afirmação”.

MIST-Pb: Escala Numérica (1-10); Perguntas e resposta aberta.

Propriedades psicométricas Fidelidade do Instrumento:

Consistência interna da MIST-P (valores globais) para n=187:

Coeficiente Alfa de Cronbach Total (α): 0, 0,833

Coeficiente Alfa de Cronbach por fator: F1: 0,792; F2: 0,731

Validade do Instrumento:

Resumo dos resultados da análise em componentes principais:

% total da variância explicada por fator: F1, 24,943; F2, 22,631;

% total de variância explicada: 47,574

KMO=0,822; Teste de Esfericidade de Bartlett=635,965; p=0,000

Estabilidade temporal

Correlação de Pearson entre a 1ª e a 2ª aplicação- 0,844

Modo de preenchimento Auto preenchimento
Tempo de preenchimento 10 minutos
Principais referências bibliográficas Kraus, T. (2014). Sentido de vida da pessoa com dor crónica. (Tese de doutoramento). Universidade Católica Portuguesa.

Starck, P. L. (1985). Guidelines – The Meaning in Soffring Test. Berkeley: Institute of Logotherapy Press.