RIUIS

Titulo original Escala de atitudes dos educadores face ao mau trato infantil – EAtEMtI
Ano 2009
Autor(es) da versão original Helena da Conceição Borges Pereira Catarino – helena.catarino@ipleiria.pt

Maria dos Anjos Coelho Rodrigues Dixe

Florencio Vicente Castro

Autor(es) da versão portuguesa

Contacto do autor

Helena da Conceição Borges Pereira Catarino – helena.catarino@ipleiria.pt

Maria dos Anjos Coelho Rodrigues Dixe

Florencio Vicente Castro

Condição de saúde/objetivo Avaliar as atitudes dos Educadores de infância e professores do ensino básico e secundário face aos maus tratos infantis.
População alvo Educadores de infância e professores do ensino básico e secundário
Dimensões Escala multidimensional com 3 dimensões:

– Dimensão 1 “Atitudes face à autoridade parental abusiva

– Dimensão 2 “Atitudes face à sinalização dos maus tratos

Dimensão 3 “Atitudes face à punição física

Itens Escala constituída por 26 itens, em que a Dimensão 1 “Atitudes face à autoridade parental abusiva” é composta por 10 itens (2, 5, 6, 9, 10, 12, 14, 15, 16 e 18); a Dimensão 2 “Atitudes face à sinalização dos maus tratos” integra 8 itens (19, 20, 21, 22, 23, 24, 25 e 26) e a Dimensão 3 “Atitudes face à punição física” é composta por 8 itens (1, 3, 4, 7, 8, 11, 13 e 17).

São invertidos os itens 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17 e 18.

Sistema de pontuação Escala de resposta tipo Likert, com 5 categorias: Discordo totalmente, Discordo, Não concordo nem discordo, Concordo e Concordo totalmente. Estas foram pontuadas de 1 a 5 , sendo atribuído o valor 1 à resposta Discordo totalmente o 5 à resposta Concordo totalmente para os itens com sentido positivo e o inverso para os itens com sentido negativo.
Propriedades psicométricas Sensibilidade da escala:

Estudo da proximidade da média à mediana e à moda, sitando-se a variancia dos resultados entre +/-2,5 a 3 unidades de desvio padrão face à média;

Fidelidade da escala:

– Determinação do coeficiente de correlação ente os itens e a escala total – Todas as correlações são positivas, bastante altas (> 0,20) e significativas (p<0,05).

– Determinação dos Coeficientes de Spearman-Brown e Split-Half:

– Dimensão 1 “Atitudes face à autoridade parental abusiva”: Coeficiente Split-Half=0,775; Coeficiente Spearman-Brown=0,775

– Dimensão 2 “Atitudes face à sinalização dos maus tratos”: Coeficiente Split-Half=0,700; Coeficiente Spearman-Brown=0,705

– Dimensão 3 “Atitudes face à punição física”: Coeficiente Split-Half=0,761; Coeficiente Spearman-Brown=0,761

– Determinação do valor de α de Cronbach tanto para a globalidade dos itens como para o conjunto da escala:

– Dimensão 1 “Atitudes face à autoridade parental abusiva”: α de Cronbach = 0,784 e os valores de α de Cronbach dos itens variaram entre 0,745 e 0,780.

– Dimensão 2 “Atitudes face à sinalização dos maus tratos”: α de Cronbach = 0,729 e os valores de α de Cronbach dos itens variaram entre 0,682 e 0,728.

– Dimensão 3 “Atitudes face à punição física”: α de Cronbach = 0,725 e os valores de α de Cronbach dos itens variaram entre 0,673 e 0,722.

Validade da escala:

– Validade discriminante – Seguindo o critério de comparação da correlação do item com a dimensão a que pertence e com as dimensões da escala a que não pertence, nomeadamente, a correlação simultânea em dois factores, sendo a diferença entre ambos inferior a 0,1, obtivemos uma estrutura multidimensional com três dimensões.

Modo de preenchimento Auto preenchimento
Tempo de preenchimento 10’
Principais referências bibliográficas Catarino, H. (2009). Maltrato infantil: actitudes y conocimientos de los educadores. Tesis Doctoral. Universidad Extremadura, Badajoz.